A saúde dos brasileiros

A importância da atividade física no desenvolvimento intelectual  e motor de crianças e jovens e sua precarização no Brasil 

Por Rafaella Silva, pela Agência Popular Jovens Comunicadores.

Segundo dados divulgados pela Organização Mundial de Saúde (OMS) em 2018, 47%  da população brasileira com mais de 18 anos são considerados insuficientemente ativos, e isso significa que não fazem nenhuma atividade ou fazem menos de 150  minutos por semana, seja no lazer, no trabalho ou em trajeto. Segundo o Instituto  Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), são fisicamente ativas no trabalho as  pessoas que “andam a pé, fazem faxina pesada, carregam peso ou realizam outra  atividade que requeira esforço físico intenso no trabalho por 150 minutos ou mais na  semana”. Aproximadamente 30 minutos de exercício por dia. 

Ainda segundo o IBGE, em 2019, 60,3 % dos brasileiros com mais de 18 anos estava acima do peso e 19,4% dos adolescentes de 15 a 17 anos. Isso ainda é mais  preocupante quando vemos que entre as crianças isso não é diferente, o instituto  revela que 16,33% das crianças brasileiras entre cinco e dez anos estão com  sobrepeso; 9,38% com obesidade; e 5,22% com obesidade grave. Em relação aos  adolescentes, 18% apresentam sobrepeso; 9,53% são obesos; e 3,98% têm obesidade  grave.

As crianças têm abandonado os brinquedos por novas distrações nos celulares e televisores, sendo isso apoiado até pelos responsáveis.

A saúde dos brasileiros

“Entre os brasileiros com 10 anos ou mais de idade, a utilização da Internet subiu de 74,7%, em 2018, para 78,3%, em 2019 (…) e 81% destes tinha telefone móvel celular para uso pessoal” segundo o IBGE.

É melhor prevenir que remediar

A prática de atividades físicas está diretamente relacionada com a melhora da saúde, fazer exercícios melhora a qualidade de vida, deixa o corpo mais resistente, aumenta a imunidade, melhora a frequência cardíaca, diminui a depressão e o estresse, entre outras coisas, melhorando o desenvolvimento até mesmo nas atividades do dia a dia, deixando o raciocínio mais rápido e o corpo menos cansado.

Quais os benefícios da atividade física para a saúde?

Segundo o Portal Saúde Brasil, criado pelo Ministério da Saúde, devemos incentivar as crianças e os jovens a fazer atividades físicas, para ao adquirirem o hábito, se tornarem adultos ativos e saudáveis. A prática de atividades físicas na infância ajuda no desenvolvimento motor (controle sobre os diferentes músculos do organismo), no controle do peso e aumenta as chances de um futuro mais ativo. A criança não precisa de padrões de exercícios, como ir à academia por exemplo, atividade física com brincadeiras diversas também são essenciais para o seu desenvolvimento, como futebol, vôlei, pular corda, fazer natação, pique-pega, entre outros; e variar de brincadeiras também é importante, tanto pelo desenvolvimento físico quanto pela criatividade, e a diversidade prepara bem o corpo, assim como evita a monotonia. Deve-se lembrar ainda que não devemos impor determinada atividade para a criança, ela tem que se sentir bem e se divertir com a atividade que escolher; e ainda podem escolher uma atividade para fazer em família.

Exercício ou Brincadeira?

A saúde dos brasileiros

Atividades aquáticas são uma grande aliada na saúde e na diversão, atividades na água como natação, mergulho, hidroginástica, surf, esportes coletivos, entre outros. Ajudam no fortalecimento muscular, reduzem problemas respiratórios, fortalece pulmões e coração, melhoram a circulação sanguínea e o humor.

A saúde dos brasileiros

Atividades ao ar livre, além do contato com a natureza, liberam endorfina, aumentam a absorção da vitamina D, mudam a rotina, desenvolvem a estabilidade dos músculos (pelo terreno irregular). Pode-se praticar futebol, vôlei, futevôlei, frescobol, ping-pong, tênis, pega-pega, ciclismo, corrida, entre outras.

A saúde dos brasileiros

Sabemos como é difícil hoje em dia sair de casa para praticar atividade física com regularidade. Uma das opções para quem tem quintal é tentar montar um balanço ou escorrega, eles ajudam a criança a melhorar o equilíbrio e a postura, a praticar a noção de segurança e proteção pelo medo de cair. Ir ao parque para brincar no balanço, escorrega, gangorra, gira-gira e etc são ótimos para estimular a prática de atividades físicas e ainda o convívio com outras crianças. Mas para brincar em casa e ainda se desenvolver, temos a mímica, circuito, bambolê, dança, pular corda entre muitas outras.

Um comentário sobre “A SAÚDE DOS BRASILEIROS”

Os comentários estão desativados.